A Cooperativa

Em maio de 1979 alguns artistas que trabalhavam com produção coletiva se reuniram para discutir a necessidade de uma organização, e em Agosto do mesmo ano fundaram a Cooperativa Paulista de Teatro, nos termos da Lei 5.764/71, que define o Cooperativismo no Brasil.

A experiência foi bem sucedida, com grupos representativos fazendo seus trabalhos de uma forma legal e totalmente nova. Os seis primeiros anos foram de intenso trabalho. A partir de 1993 a Cooperativa intensificou seus trabalhos oficializando todas as suas relações e documentações, erguendo uma infra-estrutura sólida e respeitada.

Reunir artistas e técnicos criando condições para o exercício de suas atividades, produzir, dar  condições de difusão, estabelecer contratos, convênios, representar os seus associados, individual ou coletivamente, promover cursos, debates e seminários, esses são alguns de nossos objetivos. A produção em grupo é à base da criação teatral e a Cooperativa existe em função dos propósitos materiais e conceituais para fortalecer esse segmento da produção teatral. Seus trabalhos já marcaram capítulo especial na história do teatro brasileiro com prêmios que comprovam a qualidade dos grupos associados.

A Cooperativa Paulista de Teatro conta hoje com cerca de 800 núcleos e 3800 associados, respondendo pela maior parte da produção artística teatral do Estado, contando com companhias das mais diversas linguagens e com amplo reconhecimento de sua excelência cultural.

Hoje a CPT é referência em todo o Brasil em trabalho cooperativado para a área artística. Ao longo destes anos deixou sua marca junto as Secretaria Estadual e Municipais de Cultura, SESC, SESI, Funarte, MINC e outras instituições de relevância.

Em seus 36 anos de existência a CPT realizou projetos de envergadura como a Mostra Brasileira de Teatro de Grupo, a Mostra Latino-Americana de Teatro de Grupo, o Teatro nos Parques, o CAT (Centro de Aprimoramento Teatral), ciclo de oficinas, fóruns, convênios e a edição de publicações, como mais de quarenta números da Revista Camarim, o livro dos Cinco Primeiros Anos da Lei de Fomento ao Teatro para a cidade de São Paulo e o livro dos trinta anos da Cooperativa.

A atividade teatral constante e sua relação com o público é a nossa principal diretriz e estamos, mais do que nunca, trabalhando para isso.